Estado português vai criar uma «Torre do Tombo» da cinematografia

552

O secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, disse hoje que o Estado português vai criar uma espécie de Torre do Tombo da cinematografia para guardar o património da Tobis, classificado como Tesouro Nacional.
Francisco José Viegas adiantou à Lusa que todo o património fílmico vai ser transferido para o ANIM, Arquivo Nacional de Imagens em Movimento, da Cinemateca Portuguesa, para onde, de resto, já foi transferido algum material.
O arquivo da Tobis ganhou o estatuto de “tesouro nacional”, uma classificação aprovada quarta-feira, pelo Governo português em Conselho de Ministros.

Fonte: LUSA