Museu do Prado enfrenta a crise

museu_prado

O Museu do Prado, face aos cortes verificados nos apoios do Estado (28 milhões de euros em 2007 , 11 milhões de euros em 2013), bem como o decréscimo acentuado do número de visitantes e, consequentemente, das receitas provenientes da venda de bilhetes, deu início que a uma iniciativa que alguns apelidam de “imaginativa2, mas que, nos últimos anos já se traduziu em benefícios para o museu: o aluguer da sua colecção a outros museus.

Em 2012, por exemplo, o Museu do Prado cedeu parte da sua colecção, a título de aluguer, a museus australianos e norte-americanos, uma iniciativa que se traduziu em valores significativos, na ordem de 1 milhão e meio de euros.  Uma mostra prevista para este ano, na cidade de Melbourne, comissariada por Miguel Falomir e andrés Úbeda irá taduzir-se em valores semelhantes.

Fonte: El Confidential