Museu do Azulejo apresenta o maior padrão do mundo

padrao_marvila

O Museu Nacional do Azulejo passou a incluir, na sua exposição permanente, o módulo do maior padrão concebido no Mundo.
Conhecido como padrão de Marvila por ter a sua aplicação mais imponente na igreja do mesmo nome, em Santarém, este padrão é constituído por 144 azulejos (12×12), e dispõe-se em losango.
Foi produzido entre c. 1622 e c.1674.