Biblioteca de Harvard possui livro de 1880 encadernado com pele humana

livro

 

Um dos livros da Biblioteca Houghton, da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, tem uma característica curiosa e um tanto macabra. Des Destinées de l’ ame (Os destinos da Alma), de Arsène Houssaye, foi publicado por volta de 1880 na França e encadernado com pele humana.

A informação consta no site do acervo da biblioteca, que também informa que a encadernação foi feita a partir “da parte de trás do corpo não reclamado de uma paciente de um hospital psiquiátrico francês que morreu repentinamente”.

O livro, que traz uma reflexão sobre a alma e a vida após a morte, foi dado de presente pelo autor ao amigo Ludovic Bouland, que era médico.  Bouland, por sua vez, decidiu encadernar o livro com a pele do corpo de uma paciente que morreu de acidente vascular cerebral.

A publicação foi encaminhada para a biblioteca da universidade em 1934, em nome do colecionador John B. Stetson, e doada definitivamente pela viúva de Stetson em 1954.