Programa de Residências de Criação Artística: Loulé 2015

Programa de Residências de Criação Artística: Loulé 2015

loule-programa-residencias-artisticas

 

 

 

 

 

 

 

 

Candidaturas durante o mês de janeiro

No âmbito da sua política cultural e numa aposta no apoio a jovens criadores, a Câmara Municipal de Loulé lançou o Programa de Residências de Criação Artística do CECAL – Centro de Experimentação e Criação Artística de Loulé para o ano de 2015.

Através desta iniciativa serão realizadas Residências Artísticas nas áreas das artes plásticas, artes performativas, da música, da fotografia, vídeo ou som, numa vertente que poderá ser multidisciplinar e onde serão valorizados os projetos que operem uma reflexão ou que tomem como objeto de trabalho o território plural do Concelho de Loulé e do Algarve.

Poderão candidatar-se a estas Residências todos os artistas nestas áreas, sendo que as candidaturas podem ser conjuntas, sujeitas à capacidade dos espaços.

As Residências serão realizadas de duas formas: dois projetos de longa duração durante três meses (de abril a junho e de outubro a dezembro) e quatro projetos de curta duração durante um mês (nos meses de junho, agosto, outubro e dezembro).

Os artistas poderão durante este período utilizar os vários espaços e equipamentos que constituem o CECAL: uma câmara escura, duas salas multiusos/ateliers, uma sala estúdio de música, um espaço de exposições e um estúdio de dança. Quando a residência incidir nas artes performativas, será disponibilizado também o Cine-Teatro Louletano.

As candidaturas deverão ser dirigidas à coordenação do CECAL, num formulário próprio disponível no site da Autarquia (www.cm-loule.pt) onde deverão constar a natureza e apresentação do projeto com os objectivos da residência, portfolio/imagens de trabalhos anteriores, indicação dos espaços do centro a utilizar, tipo de apoio pretendido e orçamento do projeto

O período de candidaturas decorre entre durante o mês de janeiro. A avaliação é feita no período entre fevereiro e agosto. A comissão de seleção dos projetos integra elementos de reconhecida experiência e idoneidade, sendo o júri composto por Dália Paulo, chefe de Divisão de Cultura e Património da Câmara Municipal de Loulé, Márcia André e Mirian Tavares, da Universidade do Algarve, e um júri por área de projeto, com duas pessoas da área artística.

Entre março e setembro será comunicada a decisão e aceitação das candidaturas.

A avaliação dos projetos é feita de acordo com os seguintes parâmetros: mérito do candidato, inovação do plano de trabalhos e em particular, ao modo como este incide sobre a experimentação e a criação na área respetiva e adequação do projeto ao programa.

O Centro de Experimentação e Criação Artística de Loulé, situado na Antiga Casa do Pombal, é uma estrutura transdisciplinar que serve de apoio a artistas plásticos, de artes performativas, fotógrafos, músicos e técnicos de multimédia, de nível nacional e internacional. O objetivo deste centro é acolher profissionais na ótica da pesquisa, da experimentação e da produção artística.

Este espaço oferece ainda uma programação regular de exposições, cinema ao ar livre, teatro, sessões de poesia, concertos de música, atividades para famílias, palestras e um programa de residências artísticas em parceria com outros espaços culturais municipais.

As Residências Artísticas são uma valência diferente e inovadora no Algarve, que reúne criação artística, formação e experimentação de conhecimento cultural.

 

Fonte e imagem: cm-loule.pt