Rui Moreira chama “artista português” ao secretário de Estado do Turismo

rui_moreira

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, atacou, de forma irónica, o secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, depois de este ter atribuído, numa entrevista ao Jornal 2, da RTP2, o crescimento do turismo no Porto e Norte à estratégia desenvolvida pelo Governo. Na página oficial que tem no Facebook, Moreira disse-se “estupefacto” com estas declarações e apelidou Mesquita Nunes de “um artista português”. Na página pessoal, o presidente da Câmara do Porto manteve o mesmo tom, partilhando uma foto dele mesmo, com a afirmação irónica: “Este não sou eu. É o Secretario de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes.”

Confrontado, no programa de informação da RTP 2, com a ausência do país na Expo de Milão, dedicada ao turismo, Mesquita Nunes explicou que os seus serviços estão a “direccionar os apoios para aquilo que efectivamente tem possibilidade de atrair turistas” e que passa por “desinvestir nos eventos e passar a apostar na captação de bases aéreas”, além de “trazer jornalistas estrangeiros a Portugal”. O governante disse ainda que o crescimento do turismo no Porto e Norte está directamente ligado a esta estratégia, defendendo: “O [turismo] do Porto e Norte estava a estagnar e, de repente, disparou a partir do ano de 2013, depois de termos iniciado esta nossa estratégia”.

A primeira reacção de Rui Moreira, na sua página oficial, começa com uma gargalhada e a frase: “Acabámos de saber (estupefactos) por um Secretário de Estado, que o crescimento do turismo no Porto não se deve nem à política de promoção que a cidade tem feito nem ao extraordinário trabalho que os portuenses (empresários e cidadãos) têm feito.” O post, ilustrado com fotografias do autarca nas páginas de jornais e revistas internacionais, termina com a afirmação: “Basta olhar para a capa do New York Times, para as centrais da Monocle, para a última página do Libération, para a página 4 do El País para se perceber a presença deste enorme Secretário de Estado e o competente trabalho que o seu Governo tem feito na promoção do Porto. Estão a vê-lo? Reconhecem-no? Chama-se Adolfo Mesquita Nunes… :). Palavras para quê, é um artista português.”

Fonte: Público

Artigo completo