Academia Europeia de Cinema elege “tesouros da cultura do cinema europeu”

institut_lumiere

O museu dedicado ao realizador Ingmar Bergman, na Suécia, o Centro Eisenstein, em Moscovo, o Instituto Lumière, em França, e o museu Mundo de Tonino Guerra, em Itália, foram declarados “Tesouros da Cultura do Cinema Europeu”.

A escolha foi feita pela Academia Europeia de Cinema, inaugurando uma iniciativa que pretende realçar “os lugares de caráter simbólico para o cinema europeu, lugares de valor histórico e que devem ser mantidos e protegidos para as futuras gerações”, anunciou.

O Bergmancenter é um espaço museológico dedicado ao trabalho do realizador sueco Ingmar Bergman – um dos fundadores da Academia Europeia de Cinema – e está localizado na ilha sueca de Faro, onde viveu e rodou alguns dos seus filmes.

Fonte: Visão

Institute Lumier