Gonçalo Byrne e João Nuñes vencem concurso de urbanismo para Genebra

 

Os ateliês portugueses de arquitetura de Gonçalo Byrne e João Nuñes, com o arquiteto suíço Alain Dupraz, venceram o concurso para o projeto de urbanismo da Étoile, em Genebra, com conclusão prevista para 2020.

O plano contempla a construção de 1500 alojamentos, áreas comerciais e infraestruturas públicas, num terreno de 14 hectares, equivalente a 14 terrenos de futebol.

A construção do novo Palácio de Justiça e de três torres, as maiores de Genebra, que vão atingir 175 metros de altura, estão também inscritas no projeto.

No conjunto, de acordo com o gabinete de Gonçalo Byrne, “o plano prevê uma alta densidade construtiva, conseguida através da criação de novos quarteirões estruturantes, articulados com torres de altura gradual, até um máximo de 50 pisos, e da criação de um forte espaço público, compreendendo uma intervenção paisagística de igual relevo”.

A renovação do setor da Étoile faz parte de um grande plano de desenvolvimento urbano de uma superfície de 230 hectares, distribuídos por três comunas, com um investimento global estimado de 2,5 mil milhões de francos suíços (perto de 2,3 mil milhões de euros), como noticia o jornal Le Temps.

Fonte: Notícias ao Minuto