Zeca Afonso homenageado em Coimbra

zeca_afonso

Vários músicos vão realizar um espetáculo de homenagem a José Afonso, no dia 23, em Coimbra, assinalando os 28 anos da morte do autor de «Grândola, Vila Morena».

(…)

Intitulado “28 anos de saudade”, o concerto conta com a participação de Mário Mata & Amigos do Zeca, a que se juntarão, como convidados, Rui Pato, Francisco Fanhais, António Ataíde, Manuel Rocha e o Grupo Vocal Ad Libitum.

Cantor e compositor, José Afonso, também conhecido por Zeca, nasceu em Aveiro, em 02 de agosto de 1929, e morreu em Setúbal, em 23 de Fevereiro de 1987.

Começou a sua carreira a interpretar fados de Coimbra, nos anos 50 do século XX, tendo revolucionado a música tradicional ligada aos universitários da cidade do Mondego.

Afirmou-se depois como músico de intervenção e passou à história como um dos símbolos do 25 de Abril de 1974.

Os militares que realizaram a Revolução dos Cravos escolheram uma das suas músicas — “Grândola, Vila Morena” — como senha radiofónica que marcou o avanço das tropas que derrubaram a ditadura.

O espetáculo realiza-se no dia 23, às 21:30, no auditório do Conservatório de Música de Coimbra, que tem capacidade para 380 pessoas. Os bilhetes custam 13 euros.

“28 anos de saudade” é apoiado pela Câmara Municipal de Penela, Diário de Coimbra e Antena 1, que vai transmitir o concerto em direto.

Fonte: Diário Digital com Lusa