Uffizi proibem utilização de bastões para selfies nos museus

nascimento_venus

O museu das Galleria degli Uffizi em Florença, onde está exposta a famosa obra de Sandro Botticelli “O Nascimento de Vénus”, junta-se agora à luta contra a nova tendência dos “selfie sticks”, proibindo a sua utilização no interior do museu. Os “selfie sticks” constituem a nova tendência para tirar “selfies” – auto-retratos geralmente tirados com a câmara frontal do telemóvel – permitindo uma distância muito superior à que o braço consegue alcançar.

A proibição dos “selfie sticks” nas Uffizi junta-se assim à lista das clássicas proibições dentro de museus como correr, fumar ou tocar nas obras de arte, segundo o jornal espanhol El País.

 O museu justifica esta medida aos seus 5,4 milhões de visitantes anuais com a necessidade de proteger as obras de arte — e mesmo as pessoas — de eventuais perigos de utilização do “selfie stick”, diz o El País.

Outros centros de arte famosos também proibiram o uso de “selfie sticks”. Entre eles está o MoMA (Museum of Modern Art) e o museu Metropolitan em Nova Iorque, o Getty Center em Los Angeles e o museu do Vaticano em Roma. Outros, como o Louvre em Paris, ainda permitem o livre uso dos práticos bastões.

Fonte: Observador

Artigo completo