Centro da Cultura Judaica de Trancoso visitado por 25 mil pessoas em dois anos


centro_judaico_trancoso

O Centro de Interpretação da Cultura Judaica Isaac Cardoso, criado para captar visitantes para Trancoso e para divulgar o legado judaico local, já foi visitado por cerca de 25 mil pessoas, disse hoje à Lusa fonte autárquica.

O equipamento, que é dedicado a Isaac Cardoso, médico judeu que nasceu no início do século XVII naquela localidade do distrito da Guarda, custou 1,1 milhões de euros e abriu as portas no dia 20 de outubro de 2012 por iniciativa da câmara municipal.

O centro, que dá destaque à antiga comunidade judaica de Trancoso, tem uma sala de exposições, um memorial das vítimas da Inquisição e uma pequena sinagoga para o culto dos visitantes judeus (denominada Beit Mayim Hayim – Casa das Águas Vivas).

Fonte: Digital / Lusa