Vaticano recebe pedido de resgate por cartas de Miguel Ângelo

 

vaticano

O Vaticano recebeu um pedido de resgate em troca da devolução de duas cartas raras, escritas por Miguel Ângelo, roubadas dos arquivos da Santa Sé há quase 20 anos. O assalto nunca tinha sido tornado público.

O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, confirmou hoje uma notícia avançada pelo jornal italiano “Il Messaggero” dando conta do pedido de resgate. Confirmou que um cardeal encarregue da Basílica de S. Pedro foi contactado por alguém que se dispunha a devolver os documentos por “um certo preço”, nas suas palavras.

Segundo o diário italiano, o autor do pedido de resgate e um antigo funcionário do Vaticano e o valor seriam 100 mil euros.

Lombardi acrescentou que o cardeal contactado “naturalmente recusou por se tratarem de documentos roubados”:

Um dos documentos desaparecidos é uma carta assinada pelo artista que pintou a Capela Sistina, projetou parte da Basílica de S. Pedro e esculpiu a Pietà.

Fonte: Público

Artigo completo