Quadro do século XV que se pensava perdido foi comprado pelo Estado em leilão

dgpc

Uma pintura portuguesa do século XV, atribuída ao Mestre de Santa Clara, que estava dada como perdida por especialistas, foi comprada em leilão por 30 mil euros pela Direção-Geral do Património, disse quinta-feira à agência Lusa fonte da leiloeira.

De acordo com Sebastião Pinto Ribeiro, administrador do Palácio do Correio Velho, a pintura foi arrematada por 30 mil euros no leilão de Antiguidades, Arte Moderna e Contemporânea na quarta-feira à noite. Trata-se de um raro tríptico em óleo sobre madeira pintado no século XV e atribuído ao Mestre de Santa Clara, intitulado “Nossa Senhora com o Menino Jesus”.

“Havia vários privados e instituições a licitar a obra, que começou no valor base de cinco mil euros”, indicou à Lusa o responsável do Palácio do Correio Velho, acrescentando que o Estado “fez uma compra muito boa de património nacional por um preço bastante razoável”.

De acordo com Sebastião Pinto Ribeiro, a obra do período dos primitivos portugueses, “estava dada como desaparecida por especialistas e foi bastante disputada” no leilão.

Conhecido como Mestre de Santa Clara, é também o autor do políptico de Santa Clara-a-Velha de Coimbra, pintado cerca de 1486, hoje no Museu Machado de Castro.

Fonte: DN

Artigo completo