Centro de Criação Contemporânea Olivier Debré tem assinatura de atelier português

Olivier Debre_centre

O Centro de Criação Contemporânea Olivier Debré, uma obra do ateliê português Aires Mateus, vai abrir portas ao público no dia 11 de março, na cidade francesa de Tours.

O projeto dos irmãos Aires Mateus parte de um edifício histórico, criando três espaços de exposição que jogam com a leveza das linhas de transparência e com o peso das paredes de pedra, pretendendo manter-se aberto e “em diálogo” com a cidade, explicou à agência Lusa o arquiteto Manuel Aires Mateus.

“É uma obra que parte de um edifício preexistente, em que conservámos a parte frontal, que era um grande volume e que nos interessa pela sua presença no tempo, mas também a presença naquele lugar. Esse grande volume também resolvemos homenageá-lo, transformando-o num grande vazio muito transparente e muito comunicante com o entorno, com a cidade”, descreveu Manuel Aires Mateus à agência Lusa.

Os arquitetos construíram, depois, “uma extensão do edifício” com dois espaços de exposição: “Um ao nível do piso térreo, que é a chamada Black Box, um espaço para todo o tipo de atividades, e em cima um espaço de dupla altura que é uma White Box, muito grande, muito luminoso, com umas luzes vindas do céu, com luz natural.”

Manuel Aires Mateus sublinhou que os “espaços são unidos por essa ideia de vazio ou de linha de luz”, o que faz com que se possa “transformar num edifício muito comunicante com a cidade”, com uma transparência que “podia ser a comunicação do museu com um público em geral, de um museu que funcionasse 365 dias por ano, 24 horas por dia, mesmo quando está fechado”.

Ao longo de 4500 metros quadrados, o Centro de Criação Contemporânea Olivier Debré vai expor, de forma permanente, a obra do artista francês do abstracionismo lírico Olivier Debré (1920-1999) e acolher mostras de arte contemporânea internacional.

(…)

Fonte: DN

Para mais informações (+)