Marcelo vai condecorar Siza Vieira no 25 de Abril

siza

O Presidente da República anunciou hoje que vai galardoar o arquiteto Siza Vieira, no 25 de Abril, com a Grã-Cruz da Ordem da Instrução Pública, “uma das poucas condecorações que não recebeu” e que assinala a vertente de pedagogo.

Durante o discurso inauguração da exposição “A Pressão da Luz – Uma Viagem de Nuno Cera pela Arquitetura de Álvaro Siza Vieira” e do lançamento do livro “Guia de Arquitetura Álvaro Siza Projetos Construídos Portugal”, na Galeria Millennium, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa revelou algo sobre o qual hesitou “até ao último minuto”.

“Sendo uma das poucas condecorações que não recebeu será galardoado com a Grã-Cruz da Ordem da Instrução Pública e será no dia 25 de abril porque a democracia merece-o, Álvaro Siza merece-o e Portugal também”, anunciou.

De acordo com o chefe de Estadp, “Álvaro Siza tem sido celebrado e objeto da gratidão e reconhecimento nacional em vários momentos por diversos Presidentes da República” e “é pois difícil encontrar galardão adicional a juntar aqueles que recebeu”.

“Mas há uma vertente fundamental da sua personalidade que ainda não foi devidamente assinalada e sobretudo galardoada, que é a do pedagogo. É um pedagogo. Ajudou a criar uma escola, criou discípulos, mas criou uma nova mentalidade no país, abriu caminhos através da sua formação”, justificou.

Marcelo Rebelo de Sousa considerou que o arquiteto “é um professor e é um mestre, além de ser um genial criador do domínio da cultura”.

“E essa dimensão não foi galardoada, e o Presidente da República decidiu galardoá-la. Tinha apenas uma dúvida existencial: se deveria entregar as insígnias hoje – o que seria mais heterodoxo – ou se deveria guardar para uma ocasião mais icónica”, confidenciou.

Fonte: DN