Prémio João de Almada distingue Casa Atelier José Marques da Silva e E-Learning Café – Botânico da Universidade do Port

casa_Atelier_jose_marques

Os projetos de reabilitação da Casa Atelier José Marques da Silva e do E-Learning Café – Botânico da Universidade do Porto foram distinguidos com menções honrosas na edição deste ano do Prémio João de Almada, iniciativa que distingue os melhores exemplos de reabilitação na cidade do Porto. Os vencedores foram anunciados no passado dia 25 de julho e incluem ainda vários atuais e antigos docentes da Faculdade de Arquitectura da U.Porto (FAUP).

Liderada pelos arquitetos e professores eméritos da U.Porto/FAUP, Sérgio Fernandez e Alexandre Alves Costa, a obra de reabilitação da Casa Atelier de Marques da Silva, propriedade da Fundação Instituto Arquiteto José Marques da Silva, decorreu entre 2013 e 2015. Já o E-Learning Café – Botânico foi inaugurado a 12 de outubro de 2015, em resultado do projeto de remodelação da Casa Salabert, liderado pelos arquitetos Nuno Valentim, professor da FAUP, e Margarida Carvalho.