Amadora vai ter Escola de Arqueologia em parceria com Universidade Nova

 

A Câmara Municipal da Amadora e a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa, assinaram um protocolo que cria um Campo-Escola de Arqueologia no concelho.

“Conhecer, preservar e respeitar a História da Amadora é o objetivo deste projeto”, referiu na ocasião a presidente da Câmara da Amadora, Carla Tavares, que pretende que esta seja uma iniciativa que “dê frutos, que mostre e valorize mais o património histórico-cultural do concelho e, simultaneamente, seja uma ferramenta útil na formação dos alunos, que se dedicam a esta área com muita paixão”.

Esta parceria, entre a autarquia da Amadora e a Universidade Nova de Lisboa, pretende reforçar a relação já existente entre as duas entidades, e permitir uma maior cooperação, contínua e regular, importante não só para a formação dos alunos da faculdade, mas também na capacidade de intervenção e investigação do museu.

O Campo-Escola terá como principais objetivos, fazer intervenções arqueológicas na área do concelho da Amadora, mas também promover ações de inventário, estudo e divulgação do património arqueológico, trabalhos de Laboratório e de Gabinete sobre material arqueológico, ações de investigação e organização de materiais pedagógicos e de divulgação relacionados com o património arqueológico deste concelho e ações de formação, encontros, reuniões e cursos de caráter científico.

Fonte: Sintra Notícias