Vestígios importantes da época romana descobertos em escavação em Mértola

mertola

Um importante conjunto de vestígios da época romana, como fragmentos de estátuas e uma estrutura monumental, foi descoberto em escavações do Campo Arqueológico de Mértola (CAM) que decorrem no subsolo de um edifício naquela vila alentejana.

Os trabalhos estão a ser realizados, desde há dois meses, na Casa Cor de Rosa, um edifício situado na parte mais antiga de Mértola, no distrito de Beja, numa obra da responsabilidade da câmara municipal.

Segundo o CAM, em comunicado,as escavações já permitiram identificar e escavar “estruturas com uma abrangência cronológica”, que vai “desde o século XX até ao período pré-romano”, por volta dos séculos IV ou III antes de Cristo (a.C).

Dos resultados obtidos até ao momento, revelou hoje à agência Lusa Susana Gómez, do CAM, o destaque vai para os achados do período romano, o primeiro “conjunto importante” dessa época encontrado in situ em Mértola, ou seja, no contexto de escavações.

Ao longo dos anos, lembrou, o CAM encontrou, na vila alentejana, “vestígios muito importantes e que são bem conhecidos do período islâmico”, mas os que foram descobertos agora “são mais antigos, serão da época romana”.

“Havia e conhecem-se outras estátuas encontradas em Mértola”, mas essas “tinham sido descobertas fortuitas ou muito antigas, feitas no século XVI”, e que “fazem parte das colecções dos museus nacionais”, acrescentou.

(…)

Fonte: Público

Artigo completo (+)