Museo do Neo-Realismo apresenta ciclo expositivo de arte contemporânea

logo_museu_neorealismo

No próximo dia 9 de dezembro o Museu do Neo-Realismo apresenta o novo ciclo expositivo de arte contemporânea formado por seis exposições coletivas que decorre de 2017 até 2020. Cada projeto, dedicado a um tema central do movimento neorrealista, convoca os artistas a estabelecer um diálogo com a coleção do Museu.

O título do ciclo – COSMO/POLÍTICA – tem origem na coleção de livros da Biblioteca Cosmos, dirigida em 1941 por Bento de Jesus Caraça, que constituiu um projeto cultural emancipatório e determinante na divulgação generalizada de conhecimentos, em múltiplas áreas do saber, no Portugal da primeira metade do século XX. O nome surge ainda associado ao conceito de cosmopolítica enquanto proposta para alargar o campo de alcance da política a outras considerações, a diferentes visões, culturas e modos de habitar o mundo. A dimensão enigmática do termo apela ao entendimento de um mundo comum, não o já existente, mas aquele que está por construir. Sem as premissas do universalismo moderno e da racionalidade científica, a atenção orienta-se para mundos conhecidos ou desconhecidos, alternativos e divergentes.

Para mais informações (+)