MET envolto em polémica

balthus

Um quadro do pintor Balthus – “Thérèse Dreaming” (1938) – , em exposição no MET, em Nova Iorque, está envolto em polémica. A representação de uma jovem rapariga de olhos fechados, com os braços erguidos atrás da cabeça e sentada com a saia levantada numa pose que lhe deixa a roupa interior visível. A pintura, assinada pelo pintor francês Balthus, pertence à coleção permanente do museu.

Neste momento, uma petição com mais de 8000 assinaturas exige a retirada do quadro da exposição, alegando que “o recente clima que rodeia o assédio sexual e as alegações que têm sido tornadas públicas todos os dias, ao mostrar este trabalho ao público, o Met está a romancear o voyeurismo e a objetificação das crianças”, pode ler-se no texto da petição.

Em resposta, o porta-voz do Met afirmou ao New York Times que o quadro não seria retirado, afirmando que “momentos como este dão uma oportunidade para gerar discussão sobre o assunto, e as artes visuais são um dos meios mais significativos que temos para refletir no passado e no presente, encorajando a evolução da cultura existente através de discussão informada e respeito pela expressão criativa”.

Fonte: Notícias ao Minuto