Mural de Keith Haring, à vista de todos, após 30 anos

Keith Haring_Amesterdão

Vinte e oito anos após a morte do artista de rua Keith Haring, Amesterdão exibe um mural pintado pelo activista coberto há várias décadas.

O artista norte-americano esteve de visita à cidade em 1986, para uma exposição individual no Museu Stedelijk. A obra de arte, pintada no mesmo ano na fachada do armazém do museu, foi coberta dois anos mais tarde por painéis de alumínio, de forma a regular a temperatura no interior do edifício. Durante 30 anos, o desenho em linha branca, com cerca de 15 metros de altura, não viu a luz do dia.

Graças à mudança de local do armazém do museu, quem hoje passa na rua West Willem de Zwijgerlaan pode voltar a ver o mural, o maior em espaço público feito por Keith Haring na Europa, como escreve o museu no Facebook. O mural, que terá demorado apenas dois dias a estar concluído, representa uma criatura mítica com cabeça de cão montada por uma das célebres figuras de Haring marcada com um X. O edifício que o expõe é agora um centro comercial e de distribuição da Markt Kwartier West.

Fonte: Público