Há novas entradas na lista do Património Mundial da UNESCO

unesco

A UNESCO juntou 19 novos lugares à lista de Património Mundial da Humanidade. Treze são de carácter natural, outros três são naturais e dois são de perfil misto. O anúncio foi feito pela organização nesta quarta-feira, depois de 11 dias de reunião em Manamá, no Bahrein.

Entram para a lista locais em Omã, Arábia Saudita, França, Espanha, Coreia do Sul, Rússia e Japão, entre outras nações. Neste último país é distinguido um conjunto de lugares de culto em Nagasaki, onde os cristãos professavam a sua fé na clandestinidade entre os séculos XVI e XIX (entre estes lugares estão o castelo de Hara, na península de Shimara; a catedral de Oura, construída no século XIX em homenagem às vítimas da perseguição religiosa, e um templo budista construído no lugar de uma antiga igreja fundada por missionários portugueses, e que ainda mantém símbolos cristãos como uma imagem de Maria ao lado de Buda).

Também o vale do rio Bikin, na Federação Russa, passa a estar incluído na lista por ser uma extensão natural do sítio de Sikhote-Alin, que é Património da Humanidade desde 2001.

A lista Património Mundial da UNESCO passa agora a contar com 1902 sítios espalhados por 167 países.

Para mais informações (+)