Instalação artística inspirada em Aquilino vira Paredes de Coura ao contrário

141

mundo_contrario_paredes_coura_2018

Uma instalação artística inspirada numa frase de Aquilino Ribeiro vai “transportar” o público para o evento “O Mundo ao Contrário” vai decorrer entre os dias 27 e 29 de julho, em Paredes de Coura

Para ser romancista, poeta, músico, pintor, antes de mais nada é preciso saltar para cima do telhado da casa em que nascemos. Esta encorajadora mensagem deixada por Aquilino Ribeiro inspirou a instalação deste ano, ilustrada com personagem lúdicas que mergulham de subtis telhados vermelhos para a rua que passa a ser o céu ou palco dos nossos sonhos”, disse à agência Lusa a designer Madalena Martins.

Madalena Martins explicou que naquela obra “explora um universo dedicado ao design e ao imaginário da cultura portuguesa, reinterpretando objetos, materiais e histórias, devolvendo emoções em forma de peças ou instalações”.

Natural de Ponte de Lima, também no Alto Minho, Madalena Martins, é licenciada em ‘Design’ de Comunicação pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, cidade que escolheu para viver e onde, desde 1999, trabalha no seu ateliê.

A instalação artística, cuja montagem termina na terça-feira, na rua principal daquela vila do Alto Minho, é composta por mais de 70 quilos de fio, de cor vermelha, colocados na rua, simbolizando os telhados das casas e onde serão suspensas dez personagens, com cerca de dois metros. A instalação será iluminada com lâmpadas vermelhas. “De uma forma abstrata, a instalação retrata a frase do escritor, que viveu e escreveu sobre Paredes de Coura, e transporta o público para as diferentes atividades de ‘O Mundo ao Contrário'”, especificou, adiantando que naquela artéria da vila, está escrita, a azul, a frase de Aquilino Ribeiro.

(…)

Fonte: DN

Para mais informações (+)