DGArtes: concurso para projecto curatorial e expositivo na Bienal de Veneza

oportunidade

O projeto curatorial e expositivo que vai representar Portugal na Bienal de Arte de Veneza do próximo ano vai ter ao dispor 199.400 euros no âmbito do programa de apoio a projetos da Direção-Geral das Artes, foi hoje anunciado.

De acordo com o aviso 10689-B/2018, publicado hoje no 1.º suplemento da série II do Diário da República, o montante total disponibilizado pela Direção-Geral das Artes (DGArtes) para o Programa de Apoio a Projetos para seleção do projeto curatorial e expositivo para a representação oficial portuguesa na 58.ª Exposição Internacional de Arte — Bienal de Veneza 2019, é de 199.400 euros, a repartir equitativamente (99.700 euros) por este ano e pelo próximo.

A abertura do concurso publicado hoje em DR data de sexta-feira.

O concurso decorre nos termos do Regime de Atribuição de Apoios Financeiros do Estado às Artes Visuais e Performativas e do Regulamento dos Programas de Apoio às Artes e Regulamento de composição e funcionamento das Comissões de Apreciação.

A 58.ª Bienal de Veneza decorre de 11 de maio a 24 de novembro de 2019 e vai abordar os atuais “tempos interessantes”, como disse, em meados de julho, o curador Ralph Rugoff.

Para mais informações (+)