Roubo insólito no Museu de Filadélfia

philly_museum_usa

O Museu de Filadélfia, nos EUA, foi palco de um assalto insólito. Os ladrões levaram mais de 80% da coleção do museu: cerca de 7 mil criaturas, incluindo colónias inteiras de baratas e outros insetos, com um valor estimado em 35 mil euros. Os ladrões deixaram uma mensagem estranha: fardas azuis presas a uma parede com um par de facas.

Entre as criaturas roubadas estão louva-a-deus raros, diplópodes, lagartos, sapos e cobras. Um dos animais roubados é a aranha de areia de seis olhos (Sicarius hahni), considerada a mais mortífera do mundo. O veneno de uma aranha de areia de seis olhos faz com que tecidos vivos morram e vasos sanguíneos estourem.

Segundo o responsável pelo Museu, John Cambridge, em declarações à CNN, alguns funcionários da instituição poderão ser os responsáveis pelo assalto. As câmaras de segurança mostram alguns funcionários a carregar caixas de insetos do prédio durante vários dias, a partir de 21 de agosto.

Cerca de uma dúzia de insetos foram recuperados da casa de um suspeito, mas os outros continuam desaparecidos, disse Cambridge. A polícia da Filadélfia está a investigar, mas ninguém foi preso. Um porta-voz da polícia disse à CNN que a investigação está em andamento.

Segundo John Cambridge, existe mercado para a aquisição de insetos raros.

Fonte: Viagens.Sapo

Philadelphia Insectarium and Butterfly Pavilion (+)