Obras de arte da coleção António Cachola na residência oficial do primeiro-ministro

antonio_cachola

Uma seleção de obras do Museu de Arte Contemporânea de Elvas – Coleção António Cachola, feita pelo historiador de arte João Pinharanda, está patente na residência oficial do primeiro-ministro.

As obras escolhidas são de artistas como Sofia Areal, AnaMary Bilbao, Pedro Calapez, Fernando Calhau, Rui Chafes, Gil Heitor Cortesão, José Pedro Croft, António Júlio Duarte, Alexandre Farto (Vhils), Ana Manso, Jorge Molder, Pedro Proença, Julião Sarmento, Ana Vidigal e Xana, num total de cinquenta criadores da arte portuguesa contemporânea.

A estes juntam-se ainda nomes como Pedro Casqueiro, Paulo Catrica, Alexandre Conefrey, Dealmeida Esilva, João Queiroz, André Romão, Rui Sanches, Rui Serra e Augusto Alves da Silva.

A escolha de obras da coleção de António Cachola, que vão ser “instaladas nas principais salas da residência oficial, desde as mais públicas — sala de receção, de audiências, de jantar — a outros espaços de trabalho, ajustando-se à funcionalidade de cada lugar”, sucede à seleção a partir do acervo do Museu de Serralves, que abriu esta iniciativa do primeiro-ministro, há um ano.

Fonte: DN