Grândola celebra música de intervenção e de protesto

43

festival_sem_muros_nem_ameias

Grândola, no distrito de Setúbal, vai dedicar quatro dias à música de intervenção e de protesto, entre quinta-feira e domingo, com exposições, concertos e o lançamento de um CD-Livreto dedicado a José Afonso.

Promovido pelo Observatório da Canção de Protesto (OCP) e Câmara de Grândola, a primeira edição do evento “Sem Muros Nem Ameias” presta uma homenagem “sentida e sincera” ao cantautor Zeca Afonso, enquanto “figura maior da cultura nacional”, explicou hoje à agência Lusa Alcides Bizarro, responsável da divisão de cultura do município.

O programa, que vai servir igualmente para promover as atividades do OCP, arranca, na quinta-feira, com a exibição do ‘DVD’ referente ao espetáculo “José Afonso ao vivo no Coliseu” e prolonga-se até domingo com diferentes propostas culturais.

romovido pelo Observatório da Canção de Protesto (OCP) e Câmara de Grândola, a primeira edição do evento “Sem Muros Nem Ameias” presta uma homenagem “sentida e sincera” ao cantautor Zeca Afonso, enquanto “figura maior da cultura nacional”, explicou hoje à agência Lusa Alcides Bizarro, responsável da divisão de cultura do município.

O programa, que vai servir igualmente para promover as atividades do OCP, arranca, na quinta-feira, com a exibição do ‘DVD’ referente ao espetáculo “José Afonso ao vivo no Coliseu” e prolonga-se até domingo com diferentes propostas culturais.