Filme sobre minas da Urgeiriça premiado em Berlim

47

urgeirica

O filme ‘Cem anos de Urgeiriça’, sobre aquelas minas em Nelas, Viseu, foi premiado pelo Festival Internacional do Rio de Filmes sobre Urânio, realizado em Berlim.

Este prémio representa toda uma história, toda uma dedicação destes movimentos em Portugal e dos trabalhadores em geral que têm feito uma trajetória muito importante. É o resultado de todo um processo em Portugal que tem motivado os trabalhadores em envolverem-se nestas questões ambientais, sociais e até de saúde dos seus trabalhadores”, considerou o ex-mineiro.

António Minhoto, em declarações à agência Lusa, disse que este prémio de Honra que também lhe foi atribuído e o de melhor filme na categoria Pesquisa de Arquivo para o documentário sobre as minas ‘Cem anos de Urgeiriça’ “deu uma imagem internacional importante sobre a exploração de urânio a nível mundial”.

(…)

Este ex-mineiro, nascido em 1952, criou a associação ambientalista Ambiente em Zonas Uraníferas (AZU) e a Associação dos Antigos Trabalhadores das Minas da Urgeiriça (ATMU), cuja missão é lutar em prol dos direitos de quem trabalhou na exploração do urânio e integra também o MIA – Movimento Ibérico Anti-Nuclear.

(…)

O outro destaque no Festival Internacional do Rio de Filmes sobre Urânio foi para o documentário “Cem Anos de Urgeiriça” que recebeu o prémio de Melhor Filme na categoria de Pesquisa de Arquivo, do realizador escocês Ramsay Cameron.