O documentário “Herança”, que retrata tradições festivas de Viana do Castelo, foi esta sexta-feira premiado no festival ART & TUR – International Tourism Film Festival como melhor documentário internacional na categoria “Etnografia e Sociedade”. Realizado por Flávio Cruz, com o apoio da Câmara Municipal de Viana, o filme que estreou em setembro de 2017, resultou de um intenso trabalho de recolha documental para o Museu do Traje daquela cidade, em vídeo e fotografia de algumas das mais emblemáticas festas e romarias da região. O músico Luís Pinheiro assina a banda sonora do filme premiado no âmbito daquele festival de cinema turístico e o fotojornalista Gonçalo Delgado (colaborador da Global Imagens) foi um dos principais elementos da equipa de fotografia. O prémio foi recebido ao fim da tarde desta sexta-feira em Leiria por Flávio Cruz.

55

torre_belem

A greve dos funcionários da Torre de Belém, Mosteiro dos Jerónimos e Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa, terminou este domingo, com “adesão de 100%”, mas a luta vai continuar e novos serviços deverão aderir, disse à Lusa fonte sindical.

“O balanço foi de 100% nos dias todos, incluindo no dia da greve nacional. Continuamos com silêncio total por parte da tutela e dos serviços”, disse Catarina Simões, do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas.

Os trabalhadores da bilheteira, receção e vigilância do Mosteiro dos Jerónimos, Torre de Belém e do Museu Nacional de Arqueologia iniciaram uma greve que decorreu nos dias 25, 27 e 28 de outubro das 10:00 às 11:00, a que acresce o dia da greve nacional, a 26 de outubro.

De acordo com a sindicalista, “a fila na Torre de Belém, hoje, chegava quase à Vela Latina e a dos Jerónimos chegava ao Planetário”.

Os trabalhadores alegam falta de condições de trabalho, como falta de pessoal, e desrespeito pelo direito ao descanso, gozo de férias e pagamento de trabalho suplementar.

Fonte: SIC

Artigo completo (+)