Exposição “Vergílio Correia 1888-1944: um olhar fotográfico” chega a Arraiolos

30

exp_vergilio_correia

Apresentada pela primeira vez em Condeixa, em 2016, a exposição itinerante “Vergílio Correia 1888-1944: um olhar fotográfico”, a partir do arquivo de fotografias em chapa de vidro do autor, instalou-se no Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos, até fevereiro de 2019.

A mostra é composta por 36 ampliações fotográficas, grande parte dedicadas à valorização do património cultural de Portugal, a partir do vasto acervo da autoria de Vergílio Correia guardado pela família ao longo de quase um século.

A exposição apresenta-se como um tributo a um dos maiores vultos da cultura portuguesa do século XX que percorreu o país para retratar e documentar o seu património cultural, destacando-se nos domínios da Arqueologia, História da Arte e Etnografia.

Considerado um “descobridor” de Conimbriga, Vergílio Correia Pinto da Fonseca nasceu em Peso da Régua no dia 19 de Outubro de 1888 e faleceu precocemente em 3 de junho de 1944, em Coimbra, onde era docente na Universidade desde 1921.

A exposição “Vergílio Correia 1888-1944: um olhar fotográfico” foi concebida no âmbito do Colóquio de História, História da Arte, Etnografia, Geologia, Etnografia e Geografia Vergílio Correia in Memoriam, realizado em fevereiro de 2016, em Condeixa, onde foi apresentada, pela primeira vez, no Museu PO.RO.S – Portugal Romano em Sicó.

Para mais informações (+)