Município de Miranda procura vestígios da Guerra de Mirandum

39

castelo_miranda_douro

O município de Miranda do Douro anunciou hoje o início de escavações arqueológicas, que vão abranger uma área de 6.000 mil metros quadros, na área envolvente à antiga fortificação da cidade onde se depositam “grandes expectativas”.

“As escavações vão incidir numa zona muito próxima da área onde estava instalado o paiol da pólvora, que rebentou durante a `Guerra do Mirandum`, em maio de 1762, matou algumas centenas de pessoas e destruiu parte do povoado. A ideia é colocar a descoberto um dos momentos mais marcantes da história de Miranda do Douro”, explicou o presidente da câmara de Miranda do Douro, Artur Nunes.

(…)

O trabalho está inserido em trabalhos de revitalização daquela área de Miranda do Douro numa parceria entre Direção de Regional de Cultura do Norte (DRCN), para a revitalização das muralhas da antiga estrutura defensiva fronteiriça.

O Castelo de Miranda do Douro, no distrito de Bragança, está classificado como Imóvel de Interesse Público, desde 09 de agosto de 1957.