“Obras-primas nos Museus Vaticanos” em exposição

34

vaticano

A exposição “Obras-primas nos Museus Vaticanos”, dedicada ao arqueólogo e historiador de arte da Prússia no 250º aniversário de sua morte, apresenta ao público, até 9 de março 2019, 50 obras dos Museus, da antiguidade egípcia à arte da Renascença.

A exposição destaca o papel crucial que as coleções vaticanas tiveram nos estudos, nas teorias e nos escritos daquele que é considerado o pai da arqueologia moderna: Johann JoachimWinckelmann (Stendal 1717-Trieste 1768).

Barbara Jatta, diretora dos Museus Vaticanos, explica que se trata de “uma mostra que de certa forma homenageia Winkelmann, reconhecendo a importância que seu pensamento estético teve na formação dos Museus Vaticanos como modernamente entendidos, como nós hoje os visitamos”.

“Obras-primas nos Museus Vaticanos”, acrescenta a diretora Jatta, “são obras somente dos Museus, 50 pontos onde estão os trabalhos, que não são somente de arqueologia clássica greco-romana, mas partem de obras da arte egípcia, passando pela etrusca, para então chegar à pintura da grande Renascença, e portanto as Salas de Rafael, mas também Barocci, Tiziano e o mesmo Caravaggio”.

Fonte: Vatican News