Museu Internacional de Escultura presta homenagem a Alberto Carneiro

33

O Museu Internacional de Escultura Contemporânea ao Ar livre, em Santo Tirso, conta com mais um ponto de destaque com a obra “Água para Alberto”, de Fernando Casás, em homenagem ao escultor Alberto Carneiro.

Situada na Praça Camilo Castelo Branco, “Água para Alberto” traz a tranquilidade dos elementos naturais e desenha o seu contraste. Composta por cinco esculturas graníticas que surgem diretamente do solo em representação de troncos fósseis, e alguma vegetação envolvente, todos os elementos comunicam entre si e conjugam-se com o clima e os jogos de luz e sombras.

Com dimensões mais reduzidas do que o meio envolvente, “Água para Alberto” é o elemento de integração que unifica o espaço e sobressai pelo repouso visual, por um diálogo constante com a natureza.

As cinco esculturas que compõem a obra têm dimensões distintas e as suas posições são passíveis de ser alteradas. Os detalhes incluem, ainda, vegetação no muro que servirá de fundo, árvores e bambus.

Esta é mais uma homenagem da Câmara Municipal de Santo Tirso ao escultor que esteve na criação do Museu Internacional de Escultura Contemporânea, no final da década de 90, e doou parte do seu espólio ao Município. Paralelamente, está em andamento na Fábrica de Santo Thyrso, o Centro de Artes Alberto Carneiro, que cumpre o sonho do escultor e onde irão figurar as obras de arte doadas.

Fonte: Jornal do Ave