Empresa portuguesa incluída nas empresas prestadoras de serviços do Vaticano

51

O Atelier Samthiago, sediado em Viana do Castelo, especializado em trabalhos de conservação e restauro, foi incluído na lista oficial de empresas prestadoras de serviços autorizadas pelo Vaticano, informou hoje o sócio gerente.

O processo da certificação agora alcançada, válida até 2020, foi iniciado em 2014 e implicou “um rigoroso escrutínio da capacidade técnica e financeira”.

(…)

Carlos Costa explicou que a certificação “concede ao Atelier o reconhecimento e aceitação legal, por parte do governo da Cidade do Vaticano, ficando a empresa apta a receber consultas para futuras intervenções e trabalhos na área da conservação e restauro”.

A empresa de Viana “está habilitada a operar em duas categorias principais de conservação e restauro: Lavori restauro (restauro e manutenzione dei beni immobili sottoposti a tutela) e Restauri speciali (Superfici decorate e beni mobili di interesse storico ed artistico)”.

“O Vaticano é possuidor de algumas das mais valiosas coleções de obras de arte do mundo, detendo um vasto e único conjunto patrimonial histórico e artístico”, realçou Carlos Costa, referindo que “os próximos três anos irão apresentar grandes desafios, estudando processos de obras, intervenções, na tentativa de conseguir a adjudicação de trabalhos de conservação e restauro”.

Em Portugal, o Atelier Samthiago já efetuou trabalhos de conservação e restauro no Mosteiro dos Jerónimos, Palácio Nacional da Pena, Igreja dos Clérigos, Catedral de Santarém, da Guarda, de Viana do Castelo, de Silves, Palácio Nacional de Belém, Castelo São Jorge, entre outros.

(…)

Fonte: Jornal Económico