Joan Miró está de regresso a Serralves

78

A Fundação de Serralves vai inaugurar a 11 de dezembro uma nova exposição do Joan Miró, na Casa de Serralves. A mostra será comissariada por Robert Lubar Messeri, que foi também o comissário de “Joan Miró: Materialidade e Metamorfose”, a exposição que esteve em 2016 na Casa de Serralves.

Segunda informação divulgada pela Fundação de Serralves, a exposição “Joan Miró e a morte da pintura” centra-se “na produção artística do mestre catalão em 1973, altura em que, com oitenta anos de idade, preparava uma importante retrospetiva no Grand Palais, em Paris.”

“Joan Miró e a morte da pintura” será inaugurada dia 11 de dezembro, às 22 horas, e aberta ao público no dia seguinte.

“A exposição reúne onze obras pertencentes à Coleção do Estado Português em depósito na Fundação de Serralves, e vinte e três pinturas e objetos provenientes de coleções públicas e privadas de Espanha e de França”, esclarece a Fundação.

Está também, avança Serralves, incluída na exposição uma “secção documental” que “oferece ao visitante a possibilidade de observar os métodos de trabalho de Miró na execução dos ‘Sobreteixims’, incluindo um filme do conhecido fotógrafo catalão Francesc Català Roca que regista o processo de criação e destruição das ‘Toiles brûlées'”.

Fonte: JN