Festival Geada promove cultura e tradições de Miranda do Douro

136

“O festival Geada tenta dar a conhecer ao exterior as tradições e os aspetos mais marcantes da cultura do planalto mirandês, em tempos de Solstício de Inverno”, disse hoje à agência Lusa, Sérgio Vaz que está ligado à organização do festival.

Este festival tem um mote que assenta na máxima “Bamos derretir l caraimbelo!”, uma expressão em língua mirandesa que se pode traduzir para português como “vamos derreter o gelo”. Esta é uma das imagens de marca do festival que acontece nos últimos dias de cada ano e que junta algumas centenas de jovens num encontro tipicamente de inverno.

Os promotores da iniciativa, porém, não pretendem fazer um “festival de massas”, mas sim uma “festa” que reúna não mais de 500 participantes.

A organização do festival cabe à Associação Recreativa da Juventude Mirandesa (ARJM), coletividade que “tenta dar a conhecer ao exterior” as tradições e os aspetos mais marcantes da cultura do Planalto Mirandês.

O festival assinala, em 2018, dez anos de existência, em prol da defesa da cultura do Planalto Mirandês, e das suas ancestrais tradições.

Para mais informações (

)