Nova plataforma de artistas lusófonos nasce em Paris

107

A Luso – Plataforma de Arte.Cultura.Língua Portuguesa vai promover encontros entre artistas portugueses, brasileiros, moçambicanos e franceses em Paris de modo a divulgar o seu trabalho e criar novas oportunidades em França.

A plataforma vai ter a sua edição 0 já de 10 a 20 de janeiro com diversos eventos ligados à dança, teatro ou música, em espaços artísticos em Paris e nos arredores, como a Maison du Portugal na Cidade Internacional Universitária de Paris ou a delegação da Fundação Calouste Goulbenkian em Paris, mas também o Cent Quatre – que acolheu recentemente uma exposição do artista português Vhils.

Quase duas dezenas de artistas, alguns vindos de Portugal e outros que já vivem e trabalham na capital francesa, vão partilhar durante esses 10 dias as suas experiências, apresentar-se ao público francês, mas também a programadores e coordenadores artísticos a quem foram feitos convites.

Com dois meses de preparação, a plataforma conta apenas com um apoio financeiro do Arte Institute, em Nova Iorque, que servirá para pagar a alimentação dos artistas na capital, e os apoios institucionais da Fundação Calouste Gulbenkian e da Maison du Portugal, sendo que mesmo o alojamento será feito em casa de outros artistas. No entanto, e sendo a edição 0 deste projeto, a falta de apoios não desencorajou a organização.

Fonte: Notícias ao Minuto