Presidente promulga diploma da descentralização na cultura para municípios

295

O Presidente da República promulgou esta quinta-feira o diploma sectorial que transfere para as autarquias competências no âmbito da cultura, segundo informação no site da Presidência.

Marcelo Rebelo de Sousa promulgou o decreto-lei sectorial “com as ressalvas já expressas relativamente aos diplomas da descentralização, esperando que, no domínio da cultura, o vazio deixado pelo Estado central possa ser efectivamente preenchido, com vantagens comparativas, pelas autarquias”, lê-se na nota da Presidência.

(…)

O diploma sectorial da cultura foi aprovado pelo Conselho de Ministros, em 27 de Setembro de 2018 e, segundo uma nota do gabinete do ministro da Administração Interna, embora o decreto não tenha sido divulgado, são transferidas para os municípios a “gestão, valorização e conservação do património cultural que, sendo classificado, se considere de âmbito local”.

As autarquias assumem ainda competências na gestão “de museus que não sejam denominados museus nacionais” e o “controlo prévio e fiscalização de espectáculos de natureza artística”.

O Governo aprovou 21 diplomas sectoriais no âmbito da lei-quadro da transferência de competências para autarquias e entidades intermunicipais – num processo gradual de descentralização entre 2019 e 2021 -, faltando ainda aprovar o decreto de novas atribuições das freguesias.

Fonte: Público