Museu russo assaltado em plena luz do dia

172

As autoridades russas detiveram um homem acusado de ter roubado, no domingo, uma pintura do século XIX na Galeria Tretiakov, em Moscovo, em plena luz do dia e disfarçado de segurança.

O museu, um dos principais da capital russa, anunciou na noite de domingo, em comunicado, que uma obra do pintor russo Arkhip Kouïndji, avaliada em cerca de 160 mil euros, tinha sido roubada por volta das 18, quando a galeria estava aberta ao público.

A pintura, que representa o Monte Aï-Petri, na Crimeia, feita entre 1898 e 1908, foi encontrada pela polícia escondida num estaleiro, de acordo com um comunicado do Ministério do Interior da Rússia.

Fonte: JN