Historiadores revelam obra inédita de Da Vinci

150

Os curadores da exposição Verrocchio: Il Maestro di Leonardo, que está patente no Palazzo Strozzi, em Florença –  região onde nasceu o artista – dizem ter descoberto a única escultura de Leonardo Da Vinci existente atualmente.

A escultura, de 50 cm e cuja autoria tinha sido atribuída a António Rosselino, está em exposição no âmbito das comemorações dos 500 anos anos da morte de Da Vinci, e pode ser visitada até 14 de julho.

Os especialistas concluíram agora que a obra que pertence ao Museu Victoria & Albert, em Londres, terá sido criada por Leonardo Da Vinci, quando ele tinha 19 ou 20 anos. Segundo o especialista Francesco Caglioti, as complicadas dobras da túnica da Virgem são semelhantes àquelas que Leonardo desenhou naquele tempo e o rosto da criança tem um gesto muito realista, e muito semelhante aos estudos feitos por  Da Vinci. Além disso, a criação de Jesus a rir, poderia ser considerado blasfémia, o que vai de encontro à personalidade moderna de Da Vinci

John Pope-Hennessy, no século XX atribuiu a escultura a Rossellino sem provas substanciais, segundo explica Caglioti. A teoria de que a escultura é de Da Vinci é apoiada por Carmen C. Bambach, uma das maiores especialistas na obra do italiano.

O Museu Victoria & Albert lembra que, já em 1899, foi sugerido que Da Vinci teria sido o autor da obra, e que a hipótese de Caglioti reabre o debate.

Fonte: Sapo24