Parque da Peneda-Gerês prepara uma Dark Sky Reserve

102

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez e a ARDAL – Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima estão a desenvolver um projeto para a criação de uma Dark Sky Reserve (DSR) na Porta do Mezio, entrada do Parque Nacional da Peneda-Gerês, que deverá ser implementado até ao final deste ano.

“Esta iniciativa encontra-se incluída no programa “Norte 2020 Património Natural” e surge na sequência da aprovação da candidatura “Local Dark Sky no território do Parque Nacional da Peneda- Gerês”. A criação desta DSR visa promover o ecoturismo e a proteção de habitats noturnos, ideais para a astronomia profissional e/ou amadora, bem como alertar para a preservação e reconhecimento dos céus escuros como um recurso valioso”, explica a autarquia numa nota enviada à imprensa.

De acordo com a mesma informação, as fases de estudo global de requisitos da certificação, levantamento do nível de cumprimento de requisitos LDS no território do PNPG, seleção de locais de elevado potencial e auditoria técnica dos mesmos já se encontram concluídas.

“Graças a este projeto, passará a existir um espaço privilegiado para a observação de astros e estrelas em pleno coração do Minho, presenteando os visitantes com uma oportunidade única e inigualável de desfrutar de todas as maravilhas que orbitam nos céus da nossa galáxia”, sublinha a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, explicando que as DSR “são territórios de tamanho considerável, que possuem uma qualidade excecional de noites estreladas e um ambiente noturno que é protegido pelo seu interesse científico, natural, educacional e/ou cultural”.

“Com este projeto será possível aumentar e diversificar a oferta e proporcionar experiências disruptivas a todos os que participem nestas iniciativas, permitindo um contacto mais próximo com o universo e a exploração do território de uma forma inovadora e aliciante”. Além disso, a implementação de uma DSR irá contribuir para a captação de novos segmentos do mercado de turismo na natureza e a promoção da região a nível nacional e internacional”, acrescenta a autarquia.

Fonte: Publituris