Lisboa vai homenagear os actores de teatro

38

A calçada da Praça da Alegria, junto à Avenida da Liberdade, em pleno coração de Lisboa, vai ser transformada num “passeio da fama”, com nomes de grandes personalidades do mundo do teatro gravados ao longo do seu empedrado.

Numa primeira fase, este memorial – que será inaugurado oficialmente na próxima quarta-feira – terá 35 nomes, mas a ideia é alargar o número de homenageados.

“Queremos iniciar uma tradição na cidade, mas este não é um projeto fechado. A ideia é criar nesta freguesia, que é a que tem mais teatros por metro quadrado em Lisboa, um espaço para que, pelos anos fora, sejam inscritos os nomes de grandes personalidades do espetáculo”, explica ao JN Vasco Morgado, presidente da Junta de Freguesia de Santo António, responsável pelo projeto.

Este memorial de homenagem a grandes nomes do teatro, vivos e falecidos, será inaugurado oficialmente na quarta-feira, numa cerimónia em que estarão presentes Carlos Cunha, Carla Chambel, Carlos Paulo, Diogo Infante, Fernando Mendes, José Raposo, Maria Rueff, Marina Mota, Vera Mónica, entre outros.

A Freguesia de Santo António tem uma forte ligação ao mundo do teatro, onde existiram (e continuam a existir) salas emblemáticas. O Parque Mayer com os seus teatros: Maria Vitória, Variedades, Capitólio e ABC. O Cinema Condes, o São Jorge, o Teatro Tivoli BBVA, o renovado Maxime e o Fontória são alguns dos exemplos de locais mais emblemáticos do espetáculo na capital.

Fonte: JN