Inaugurado em Havana centro para preservar obra de Ernest Hemingway

117

Instituições culturais de Cuba e dos Estados Unidos inauguraram, este sábado, em Havana, um centro moderno para preservar a obra do escritor norte-americano Ernest Hemingway, Prémio Nobel da Literatura em 1954.

Construída com materiais e sob assessoria norte-americana nos terrenos de Finca Vigía – a casa onde Hemingway (1899-1961) passou os seus últimos 20 anos, na periferia de Havana – a instalação reúne mais de 20.000 peças, entre livros, fotografias e revistas.

Hemingway viveu em Cuba durante longos períodos desde 1939 até pouco antes da sua morte, a 02 de julho de 1961.