Vereadores da CM de Lisboa propõem criação de um Museu do Operário e da Atividade Industrial

73

Os vereadores do PCP na Câmara Municipal de Lisboa, liderada pelo PS, vão apresentar uma proposta para a criação de um Museu do Operário e da Atividade Industrial na capital.

Em declarações à agência Lusa, a eleita comunista Ana Jara explicou que, num momento em que a cidade se encontra “em pleno processo de apagamento da atividade industrial”, o partido pretende “criar um espaço que trabalhe essa memória, mas que depois também trabalhe as questões do trabalho na cidade”.

A ideia “não é [o museu] ficar colado ao passado do operário, é criar um operário do século XXI, porque também há ainda operários no século XXI em Lisboa, e há pessoas que trabalham manualmente, portanto também têm de ter o seu espaço na cidade, que é cada vez mais negado”, acrescentou.

O espaço deverá “traçar a história, construir a memória” e “fazer um repositório destes espaços, destas atividades e destas vidas”, reforçou a vereadora comunista.

“Nós não temos aqui um programa muito fechado, isto é uma ideia, depois virá uma equipa para o projeto do museu. Nós estamos a dar uma ideia geral sobre um momento da cidade em que isto está de facto a desvanecer, a desaparecer e, portanto, é importante estudá-lo, recordá-lo, e até transportar aquilo que é a atividade industrial que ainda existe em Lisboa para o século XXI”, notou Ana Jara.

Fonte: Sapo