Investigação determina um dos locais onde terá vivido Shakespeare

86

O historiador inglês Geoffrey Marsh diz ter determinado o local na cidade de Londres onde o poeta e dramaturgo inglês William Shakespeare terá vivido quando escreveu Romeu e Julieta, nas imediações da atual estação de metro de Liverpool Street. A zona já tinha sido identificada depois de o nome do escritor ter sido encontrado num registo de pagamento de impostos referente ao biénio 1597/98 mas não tinha sido possível encontrar o local exato, na rua Great St. Helen, onde atualmente existem edifícios de escritórios.

A investigação conduzida pelo historiador Geoffrey Marsh, que passou dez anos a analisar e cruzar registos oficiais, permitiu identificar o local onde o dramaturgo habitou durante “pelo menos quatro a cinco anos”, entre finais da década de 1520 e inícios de 1530. Terá sido aí que terá escrito, além de Romeu e Julieta, peças como Sonho de uma Noite de Verão ou O Mercador de Veneza.

O historiador, que é o diretor do departamento de teatro e artes performativas do museu Victoria & Albert, em Londres, concluiu que Shakespeare terá sido inquilino da empresa Leathersellers, que detinha o comércio de peles na época isabelina, noticiou a BBC. A sua casa ficava provavelmente num aglomerado de propriedades em frente ao cemitério de St. Helen, a alguns quarteirões do famoso arranha-céus londrino conhecido como The Gherkin, numa zona habitada por mercadores ricos e influentes.

Fonte: Observador