Calatrava em tribunal por obra em Veneza

2150

O arquitecto Santiago Calatrava vai começar a ser julgado, no Tribunal de Contas, em Veneza, no próximo mês de Novembro. O Tribunal de Contas interpôs uma acção acusando o arquitecto de ter causado um “dano duradouto” na cidade, a partir da construção da ponte da sua autoria, pedindo uma devolução de 3.886 milhões de euros. O arquitecto é acusado de ter projecto uma obra com custos muito superiores aos inicialmente previsto, incluindo elevados custos de manutenção, para além do atraso na entrega da obra, cuja inauguração, inicialmente prevista em 2004, apenas teve lugar em 2008.

Estas polémicas são recorrentes no que a Calatrava diz respeito. No passado dia 7 de Junho, o arquitecto foi condenado a pagar cerca de 3 milhões de euros aos gestores do Palácio de Exposições e Congressos de Oviedo por problemas identificados no edifício.

Fonte: El Pais