Joana Vasconcelos expõe no Museu de Manchester

655

 

O Museu de Arte da cidade de Manchester apresenta a partir de sábado até 01 de junho aquela que a curadora considera “a mais ambiciosa” exposição da artista portuguesa Joana Vasconcelos no Reino Unido, com novas obras.

Feita para ser suspensa na escadaria principal em cascata pelos três andares do edifício vitoriano, “Britannia” junta-se à série “Valquírias” iniciada em 2004, cujas peças de têxteis são caracterizadas pelas formas tentaculares coloridas por diferentes tecidos, aplicações de tricô e croché e outros adereços.

A nova peça foi inspirada por uma anterior, “Contaminação”, criada para ser exposta na Pinoteca de São Paulo em 2008 e que foi reconfigurada três anos mais tarde para o palácio Grassi em Veneza.

Foi nesse ano de 2011 que começaram os contactos para organizar uma exposição da artista portuguesa, cujo trabalho a curadora da exposição, Natasha Howes, disse à agência Lusa admirar desde 2005, quando ficou maravilhada por “Noiva”, lustre feito com vinte mil tampões higiénicos femininos apresentado na Bienal Internacional de Arte de Veneza.

“Pensámos que seria interessante trazê-la a Manchester por causa da história da indústria têxtil”, justificou.

No século XIX, graças à Revolução Industrial, aquela cidade tornou-se na segunda maior do cidade e um dos principais centros mundiais na produção do algodão.

Fonte DN

Artigo completo