Arqueólogos acreditam ter descoberto Sodoma, a «cidade do pecado»

908

 

Após anos de escavações, os especialistas acreditam que encontraram as ruínas da cidade bíblica de Sodoma, que segundo as escrituras sagradas foi destruída por Deus, por ser um antro do pecado.

O local em Tall el-Hamaam, na Jordânia, remontará ao período entre 3.500 e 1.540 a.C., e os peritos frisam que a sua localização e tamanho coincidem com as descrições bíblicas da cidade.

A cidade da Idade do Bronze não só teria sido a maior da região, tal como descrito pela Bíblia, como está situada a Este do Rio Jordão, e terá sido abandonada de repente, de acordo com os cientistas.

A maior parte das referências a Sodoma e Gomorra surgem no Livro de Génesis. Ambos os locais eram reinos situados em torno do Rio Jordão, a Norte do Mar Morto, numa zona verdejante e fértil.

Sodoma em particular é apontada como estando numa rota comercial e, devido ao seu tamanho, teria sido fortemente fortificada, com torres e muralhas altas e espessas.

Fonte: Diário Digital

Artigo completo