Souto Moura recebe Prémio de carreira

3446

souto_moura

A Bienal Ibero-americana de Arquitetura e Urbanismo (BIAU), uma iniciativa do Governo da Espanha, em colaboração com outras instituições ibero-americanas, atribuiu nesta segunda-feira o prémio de carreira ao arquiteto português Eduardo Souto Moura, de 63 anos, prémio Pritzker de 2011.

Ao DN, Souto Moura, atualmente em Paris a participar no colóquio e exposição sobre os universalistas, comissariada por Nuno Grande, disse ter ficado ficou contente com o prémio.

O arquiteto foi ontem informado oficialmente pela Ministra da cultura de Espanha. Disse ainda que depois do Priztker passou a receber muito mais convites, quer para concursos quer para projetos, Por exemplo, está atualmente a fazer projetos para concursos de museus, um na Suíça outro na Dinamarca.

(…)

A X Bienal Ibero-Americana de Arquitetura e Urbanismo realizar-se-á na cidade de São Paulo, Brasil, em julho de 2016, com um programa académico de atividades, incluindo a apresentação dos selecionados nas diferentes secções a concurso.

Em concurso nesta bienal estavam 194 obras e 21 candidatos – escolhidas num universo de 1111 obras apresentadas e selecionadas em fevereiro e março -, que foram analisadas pelo Júri de Panorama de Obras da X BIAU, que reuniu em Madrid nos dias 1 e 2 de abril

Fonte: DN

Artigo completo