Casa da Arquitectura tem um novo presidente

2336

 casa_arquitectura

O ex-presidente da Fundação Casa da Música foi nesta quinta-feira designado presidente da Casa da Arquitetura, em Matosinhos, que abrirá as portas das suas novas instalações no dia 16 de junho, anunciou a autarquia

“O presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Eduardo Pinheiro, designou José Manuel Dias da Fonseca para a presidência da Casa da Arquitetura-Centro Português de Arquitetura, que abrirá as portas das suas novas instalações no dia 16 de junho, no antigo edifício da Real Vinícola, em Matosinhos”, indica a câmara em comunicado.

Segundo a autarquia, “Dias da Fonseca presidiu até aqui à Assembleia Geral da Associação Casa da Arquitetura” e irá agora substituir o ex-autarca Guilherme Pinto na presidência da instituição “na sequência do falecimento, a 08 de janeiro, do ex-presidente da Câmara Municipal de Matosinhos”.

Licenciado em Economia, José Manuel Dias da Fonseca presidiu à Fundação Casa da Música durante nove anos, tendo sido também presidente da AICEP e vereador da Cultura da Câmara Municipal de Matosinhos.

Em comunicado, o presidente da Câmara de Matosinhos, Eduardo Pinheiro, destaca que Dias da Fonseca “tem o reconhecimento necessário para dirigir o maior projeto da área da divulgação e promoção da arquitetura em Portugal, que sempre acompanhou”.

“A sua presidência é para mim uma garantia suplementar de sucesso da Casa da Arquitetura-Centro Português de Arquitetura”, destaca.

A recomposição dos órgãos sociais da Casa da Arquitetura implica ainda, de acordo com a autarquia, que o presidente da Câmara Municipal de Matosinhos presida a partir de agora à Assembleia Geral da instituição, que passará também a contar com o presidente da Metro do Porto, Jorge Moreno Delgado, e com o arquiteto Gonçalo Byrne.

Na comissão executiva mantêm-se o diretor, Nuno Sampaio, e o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Matosinhos, Fernando Rocha.

A Casa da Arquitetura-Centro Português de Arquitetura é um projeto de âmbito nacional dedicado à divulgação, ao arquivo e à valorização da arquitetura.

No seu acervo estão já representados, entre outros, projetos e maquetas dos três Prémios Pritzker de língua portuguesa: Álvaro Siza Vieira, Eduardo Souto de Moura e Paulo Mendes da Rocha.

A 16 de junho abrirá portas, com a exposição “Poder: Arquitetura”, a nova casa da instituição, um espaço com 4.700 metros quadrados no antigo quarteirão industrial da Real Vinícola, que está a ser totalmente reabilitado pela Câmara Municipal de Matosinhos.

Fonte: DN